. . . . .

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Pelado Mortal.


Pecado Mortal é um caso curioso, já li boas críticas, o elenco é bom, mas acabei nunca assistindo a novela, principalmente porque toda vez que passo por ela alguém ta sendo sequestrado, morto ou sacaneado, é violência excessiva, assim como nas novelas anteriores da Record. É tipo a continuação do Cidade Alerta, mas sem o “corta pra mi
Bom, mas o mais engraçado dessa novela é que descobri que nos anos 70 ainda não tinham inventado a camiseta, artigo tecnológico que só seria desenvolvido pela NASA em 1980. Por isso, para se protegerem do frio, os homens precisavam deixar os cabelos compridos e o peito muito peluda, assim como em Kubanacan.


segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

The Voice Metrôoo.

É engraçado como as coisas que aparecem na TV passam a fazer parte da vida real. Já vi isso acontecer com as pulseiras da Jade, com o colarzinho da Darlene, mas o que está acontecendo agora é muito mais estranho. O efeito The Voice está espalhando calouros pelo transporte público. Em cada vagão uma pessoa canta a plenos pulmões esperando que entre aqueles pobres coitados, esmagados, exista alguém que descubra seu talento.

Comecei a perceber que de uns tempos pra cá o volume dos thum tha tha thum thuptha está diminuindo e que o som ambiente do metrozão tem sido a capela.